5 Traços de caráter: O que são os traços de personalidade do Corpo Explica?

traços de caráter

Os traços de caráter são forças do corpo e da mente, que ajudam a moldar nossas identidades, emoções e comportamentos. Eles se formam ainda na infância, período em que estamos vindo a ser humanos.

Nesse meio tempo, a consciência está lutando para interpretar a realidade. Nosso pensamento ainda não tem a complexidade necessária para entender as emoções ou os motivos das outras pessoas, mas já precisa se proteger contra as suas consequências. É daí que vem a ideia de trauma. 

Um trauma, porém, não é sempre um episódio de violência. Ele ocorre, por exemplo, ainda no útero, quando o bebê sente a aflição da mãe, ou no período do desfralde, quando os pais riem da criança ter se sujado numa tentativa de confortá-la.

Ninguém deve ser culpado por essas situações. Experimentar alguns desafios, mesmo tão novinhos, nos ajuda a enfrentar melhor a realidade do mundo, que não existe para satisfazer a todos os nossos impulsos e desejos.

Os traços de caráter cumprem esse processo. Eles podem ser “armadilhas” nas quais ficamos presos, repetindo ações prejudiciais, ou recursos incríveis para nos tornarmos seres humanos completos: tudo depende do conhecimento que temos sobre o assunto.

Quais são os traços de caráter?

A divisão se dá em cinco tipos: Esquizoide, Oral, Psicopata, Masoquista e Rígido. Os traços de caráter não possuem qualquer ligação com a moral das pessoas, nem podem ser vistos como melhor ou pior que os demais. Pense neles, antes de tudo, como ferramentas que nossos corpos e mentes constroem para se adaptar à realidade e promover uma vida saudável!

Esse objetivo, no entanto, nem sempre é alcançado. Para muitas pessoas, os traços de caráter acabam se tornando limites. Isso ocorre quando elas permanecem inconscientes, sendo levadas pelos padrões do traço, ao invés de usá-los a seu favor.e-book traços de caráter roxo

Esquizoide: o primeiro dos traços de caráter

O primeiro a se formar entre os traços de caráter, ainda na gestação, é o esquizoide.

Quando a mãe grávida passa por uma situação estressante, o fluxo de sangue na região do útero diminui, e ele que até então era um lugar quente e confortável, se torna duro e incômodo. O bebe, como ainda não sabe que existe um mundo além dele ou uma mãe ao seu redor, sente que o desconforto foi criado por ele mesmo.

Para evitar o desprazer, ele atrai suas energias para a cabeça e fica imóvel, se desconectando dos sentimentos físicos. Sua dor é a rejeição e o medo de deixar de existir, sempre presentes. Neste momento, a mielinização acontece dentro do cérebro, por isso é mais fácil para o bebê concentrar energia na cabeça e “esquecer” o resto do corpo.

O traço de caráter esquizoide surge como mecanismo de defesa para proteger contra essa dor. Conforme concentra energia no cérebro e se desliga da realidade, o esquizoide desenvolve um poder criativo acima do normal.

Como ele é?

Seu corpo costuma ser mais afinado, com membros longos e ossos aparentes em várias articulações. Como possui uma maior interação com o mundo mental, os pés não são firmes, é “enjoado” para comer e só precisa de energia para sustentar a cabeça.

Caso seja forçado a manter contatos indesejados, mesmo que um simples abraço, pode até mesmo desenvolver alergias e urticárias.instagram

E como se comporta?

Um traço esquizoide forte leva costuma levar à introversão e a evitar o contato físico.

Sentindo-se rejeitado, o esquizoide tende a se encolher, lidando internamente com o medo e entregando ao mundo pouco mais do que um olhar perdido.

Viver no “mundo da fantasia” também é uma característica marcante dessas pessoas. Sua fala e expressões são monótonas, pois nem sempre consegue traduzir seus pensamentos em palavras. É bem comum que se sinta estranho e um ser de outro “planeta”.

Nos relacionamentos, eles geralmente vão afastar os outros fisicamente, embora se sintam confortáveis para discutir assuntos de seu interesse.

Quando o esquizoide se aceita como tal, ele sente que pode existir e aí passa a utilizar todos os recursos do traço como criatividade, intuição e ideias, por exemplo. Para ajudar um esquizoide, você pode começar respeitando os seus limites. Entenda e respeite suas decisões, assim ele se sentirá mais confortável e confiante em ficar perto de você e ter uma relação mais saudável.

Oral: o mais intenso dos traços de caráter

O traço de caráter Oral surge no período da amamentação. Nessa fase, a mielinização desce até o pescoço. A falta ou o atraso constante na amamentação, o desmame precoce, dentre outros motivos, fazem o bebê se sentir abandonado.

Imagine um bebezinho dormindo no berço, bem tranquilo, por exemplo. A mamãe aproveita para limpar a casa. O bebê acorda e chora, a mãe rapidamente vai até ele, mas percebe que está muito suja para pegá-lo no colo e vai ao banheiro se limpar. Nesse pequeno instante, o bebe observa ela se afastando e compreende, dentro de sua percepção reduzida, que foi abandonado.

Como ele é?

Existem dois tipos de orais: O oral reprimido e o oral insatisfeito.

Ambos tem formas arredondadas e músculos flácidos, mas o reprimido é um pouco mais magro e o insatisfeito mais cheinho. Os orais sentem a necessidade de manter a boca ocupada, devido a grande concentração de energia nesta região. Isso ocorre, por exemplo: bebendo, comendo, fumando, mordendo algo…

Outras características são uma voz infantilizada, pescoço inclinado para frente e maxilar retraído, como se estivesse sempre buscando alimento. Um olhar meigo, por vezes, triste e infantil como se pedisse ajuda, também é parte do seu físico.

E como se comporta?

Os orais muitas vezes podem ser possessivos e ciumentos, acarretando numa dependência emocional, financeira e até mesmo da opinião alheia. Quando não encontra em quem depositar essa dependência, ela pode se tornar abuso de substâncias tóxicas.

Pode ter um grau de insegurança alto, e por isso acaba sendo impulsivo, tomando a dianteira. Em alguns casos, também pode parecer egoísta, pois está sempre na expectativa de que as pessoas façam algo por eles.

Quando o Oral consegue suprir suas necessidades sozinho, se sente satisfeito e independente. Isso é de extrema importância para ativar seus recursos, alcançando um grande potencial nas áreas da comunicação, culinária, o cuidado com outras pessoas ou animais. Você pode ajudar um Oral  encorajando seu potencial. Se ele precisar chorar, apenas dê um ombro amigo e se mostre empático.

Psicopata: um camaleão entre os traços de caráter

Antes de continuar, vale apontar que essa e as outras caracterizações não dizem respeito a um distúrbio psicológico, doença ou comportamentos negativos! O nome dos traços de caráter foi dado muito antes que houvesse uma popularização negativa do termo psicopata.

Quando o processo de mielinização desce um pouco mais, a região do tórax possibilita o controle e a movimentação da parte superior do corpo. É nesse momento em que a criança começa a explorar os lugares engatinhando, se escorando, caminhando…

Ao interagir com o mundo, a criança também pode começar a ser manipulada como uma marionete. Se ela está correndo algum tipo de perigo, por exemplo, os pais vão tirar ela daquele espaço. A concentração de energia no tórax e a resposta à manipulação dão surgimento ao traço de caráter Psicopata.

A criança, com a sua percepção reduzida, não entende que aquilo poderia fazer algum mal para ela. Por essa razão, ela se sente controlada quando toma certas atitudes. O mecanismo de defesa nessa fase, faz a criança desenvolver um processo de manipulação e troca.

Sendo “punida” quando erra e elogiada ou deixada em paz quando acerta, ela pode encontrar formas de manipular a situação. Seus comportamentos terão o intuito de atrair mais respostas positivas, e evitar as negativas: manipular para não ser manipulada.

Ela pode ser mais sutil, usando carinho e se comportando positivamente na frente dos pais, por exemplo. Em outros casos, a criança vai fazer birra, se jogar no chão e lutar para conseguir seus desejos.

Como ele é?

O formato do corpo é sempre um triângulo invertido, com ombros largos e cintura fina. O tórax pode parecer sempre estufado, o nariz mais empinado e o queixo pontudo.

E como se comporta?

O poder é algo que lhe atrai, mesmo nos pequenos casos. Assumir o controle evita estar na situação oposta. Conforme amadurece, desenvolve um grande poder de sedução e negociação para conseguir o que quer.

Vale lembrar que traços de caráter não são eticamente bons ou ruins, eles estão apenas lidando com o mundo da maneira que aprenderam. O traço psicopata também pode se transformar num grande líder e ajudar outras pessoas, por exemplo.

Ele tem dificuldade para confiar nos outros e vive fazendo trocas, pois não sabe receber sem se sentir em dívida. O psicopata é considerado um camaleão entre os traços de caráter, uma vez que, ativada a sua dor existencial – a manipulação – ele consegue se esconder em outros traços para afastá-la.

Ao usar seus recursos, pode se tornar um ótimo vendedor ou líder. Se possuir a habilidade de comunicação do traço oral, conseguirá se expressar muito bem verbalmente. Isso pode se juntar aos gestos corporais, que o traço psicopata controla muito bem, para criar uma comunicação perfeita.

Para ajudar alguém com esse traço, é importante que ele confie em você. Não minta ou engane. Mostre que contigo ele pode tirar as máscaras e ser ele mesmo, abandonando os “jogos” que usa para conseguir afeto.

Masoquista: uma represa de sentimentos

O traço de caráter masoquista começa a surgir no período do desfralde, quando a criança passa a usar o banheiro. A mielinização desce até a região lombar, possibilitando uma maior utilização das pernas.

Em muitos casos, o processo de desfralde é bastante precoce. Isso faz com que a criança não acompanhe as expectativas dos pais: seu corpo ainda não está pronto.

Se a criança suja as roupas, por exemplo, os pais costumam ter um comportamento humorístico, mas a mente infantil pode sentir-se humilhada. Assim, ela  vai aprender “na marra” a contrair o bumbum para não ter que passar por essa situação novamente. 

O mecanismo de defesa vai tornar essa criança detalhista, medindo cada passo. Ela demora para agir e planeja tudo que estiver ao seu alcance.

Como ele é?

O corpo fica mais quadrado, duro e pesado e a energia se distribui por todas as regiões. Como a criança se sentiu humilhada por algo que pôs para fora: seja físico, sejam pensamentos, palavras ou expressões, ela decide guardar tudo dentro do próprio corpo. Esse acúmulo pode ser tão grande que, muitas vezes, parece estar perto de explodir.

Por levar muito “peso” nos ombros, a cintura é grossa e quadrada, assim como o pescoço. Os músculos são duros e firmes, assim como os pés no chão. O olhar é simpático e meigo, ou talvez sofrido por tanto prender emoções. Pode ter uma voz de lamento e a boca no formato de U invertido.

E como se comporta?

O traço masoquista suporta muitas coisas, sofrendo para não fazer o outro sofrer. Podemos dizer que ele faz muito esforço e tem pouco reconhecimento, podendo até se sentir inferior. Esse comportamento às vezes cria um acúmulo de raiva que ele não se permite sentir, pois tem dificuldade em expressar seus sentimentos.

Quando não consegue mais suportar, acaba soltando tudo de uma e chega a ser destrutivo, como uma represa que explode.

Ele gosta de rotinas, ordem e organização, e se decide viver para mais do que agradar os outros, o traço masoquista consegue utilizar seus recursos e potenciais de maneira incrível.

A habilidade para “segurar” emoções pode fazer dele um ótimo planejador, detalhista, atento a coisas que ninguém vê. Também terá calma e paciência para executar qualquer projeto.

Para ajudar, você pode mostrar formas para descarregar toda essa energia através da arte, dança, esportes, conversas, passeios… qualquer hábito saudável para recuperar o equilíbrio.

Rígido: o último dos traços de caráter

Por fim, a mielinização chega na região sacral, nos órgãos genitais, completando os traços de caráter.

O traço rígido começa a surgir no momento em que a sexualidade é descoberta. A criança percebe que certas regiões do seu corpo geram sensações diferentes. Obviamente, não estamos falando sobre uma sexualidade “consciente” como a de um adulto, apenas uma sensação física que não existe em outras partes do corpo.

Essa criança ainda possui a percepção de que é como o homem ou a mulher mais importante na vida do pai e da mãe. Quando percebe que não é com eles que os pais dormem a noite, entretanto, experimenta uma confusão muito grande em sua mente, o que acarreta numa sensação de exclusão.

Esse traço sempre é formado na relação da menina com o pai e do menino com a mãe. Ela cria uma disputa inconsciente pelo amor do genitor ou cuidador do sexo oposto. Quando falamos de pai e mãe, não necessariamente são os pais biológicos, mas sim, aqueles que representam esse papel na vida da criança.

Como ele é?

O mecanismo de defesa dessa fase torna as pessoas extremamente competitivas, muito ativas e com um corpo bem desenhado. O rígido é muito perfeccionista, e geralmente possui um gosto estético mais apurado que os outros traços de caráter.

O traço rígido se preocupa muito com a beleza e não consegue ficar parado. Eles costumam ter os músculos bem definidos e um corpo sedutor cheio de curvas. O olhar também pode ser sedutor, e até mesmo desafiador, como se dissesse “tente me conquistar”.

E como se comporta?

Eles podem ter dificuldade nos relacionamentos, pelo fato de que o seu primeiro “amor” pelo pai ou pela mãe não foi correspondido. Entregar-se pela metade é comum, graças ao medo de se machucar novamente.

Seu conflito interno também pode separar o amor da sexualidade, entregando os sentimentos para uma pessoa e o desejo sexual para outra. Contudo, isso não significa que o traço rígido sempre vai trair seus parceiros. Os traços de caráter, em síntese, não determinam regras sobre as pessoas, apenas possibilidades.

A traição só acontece quando o rígido permanece na sua dor existencial. Eles podem ser fiéis, e até mesmo criar uma competição interna para ser sempre melhor do que qualquer “ameaça” ao seu relacionamento.

Quando o rígido decide ser o melhor, para si mesmo e não para provar algo aos outros, ele consegue abrir o seu coração e se entregar de corpo e alma; em relacionamentos, trabalhos e qualquer outra área da vida.

Para ter uma relação mais harmoniosa com um rígido, especialmente em um relacionamento amoroso, não deixe que ele te coloque na posição da mãe ou pai. Sejam parceiros, e mostre que você está ali para unir forças, liberando o potencial dos dois. Incentive-o a buscar seus objetivos com os pés no chão, sem a necessidade de controlar tudo!

e-book traços de caráter

Conclusão sobre os traços de caráter

Em suma, é importante fazer a ressalva que todos nós possuímos os cincos traços de caráter. Algumas pessoas serão mais influenciadas por um deles, outras vão experimentar equilíbrios entre vários.

Além disso, os traços de caráter também interagem com o mundo externo para formar personalidades e comportamentos. Duas pessoas com o mesmo traço apresentam alguns padrões de comportamento semelhantes, mas elas não são cópias uma da outra.

Você provavelmente está se identificando com um ou dois traços de caráter do Corpo Explica, certo?

A melhor forma de confirmar essas suspeitas e saber como usar os seus traços para construir uma vida de mais felicidade e bem-estar, é se conhecendo. Agende sua mentoria agora mesmo.

Nesse encontro de uma hora, vamos te mostrar como você funciona, quais são os problemas que você enfrenta e porque você vem enfrentando esses problemas e situações.

Enfim, você vai entender como colocar seus super poderes em ação para ser uma pessoa melhor, ter relacionamentos sólidos e conquistar os seus objetivos e sonhos!

O EBOOK: TRAÇOS DE CARÁTER + mentoria individual dos traços + aula bônus gravada vai ser muito útil para te ajudar a colocar teus traços no recurso.

e-book traços de caráter

ENTENDA SEUS TRAÇOS DE CARÁTER  E APRENDA A SAIR DA DOR

E-BOOK TRAÇOS DE CARÁTER + 2 bônus