Traço de caráter psicopata O Corpo Explica

traço de caráter psicopata

Nesse post, vamos falar sobre o traço de caráter psicopata, dentro da análise O Corpo Explica. Esse é o traço das pessoas com talento natural para liderar, conduzir times e fazer todos trabalharem por um bem comum.

Momento e formação do traço psicopata

Aqui a história do nosso desenvolvimento continua, com a formação de novas sensações e novos caminhos neurais que a criança descobre e utiliza para sobreviver em sua jornada pela vida.

mielinização do sistema nervoso

A mielinização está chegando na coluna torácica, que aparece em azul na imagem. É a parte do tronco, e a criança começa a ter controle sobre ele. As partes que já foram mielinizadas vão ganhando agora controles mais finos.

Enquanto a criança, na fase oral, costumava colocar tudo aleatoriamente na boca, na fase psicopata, ela já consegue segurar um garfo, uma colher, um giz de cera, de forma mais controlada, porque ela aprimora as habilidades adquiridas. O controle do tronco é uma habilidade muito importante para a formação da mente e do corpo do traço de caráter psicopata.

Esse traço começa a ser formado na vida da criança a partir de um ano e meio até os dois anos e meio de idade. Nessa fase, a criança já não depende tanto da mãe, pois está andando aos poucos, consegue buscar e até verbalizar melhor o que ela quer. A criança agora já consegue se afastar da mãe e buscar interação com outras pessoas.

Nessa nova fase, a criança percebe muito mais pessoas, aprende com elas, avalia mais e passa a esperar um retorno de todas elas.

Na fase oral, anterior a essa, a criança precisava existir somente para sua mãe, e bastava chamar por ela para ter suas necessidades supridas.  Agora, no entanto, é necessário se conectar e “convencer” outras pessoas, conseguir ser importante para elas.

e-book traços de caráter roxo

A dor do traço psicopata

Nesse momento tem início a dor do psicopata, porque às vezes ele entende que, se não fizer nada, não será importante. Ele não consegue se perceber importante única e exclusivamente por ser quem é, e acha que somente o que ele faz para as pessoas traz valor para si.

O pensamento é “se eu não fizer nada, não tenho valor nenhum”.

Para ilustrar: quando a criança canta uma musiquinha, repete algo que foi ensinado a ela, e é elogiada pelos pais. Mas já quando os pais pedem para ele fazer e ela não faz, os pais dizem para ela ir lá brincar com outras crianças e fazem outra coisa. Se isso acontece repetidas vezes, a criança começa a entender que não é importante somente por existir, mas é importante quando faz algo que agrada os adultos.

Então essa criança passa a reprogramar suas reações, de modo a fazer, e também avaliar o que as pessoas fazem. Isso porque ele está entendendo que o nosso ser não é o mais importante, pois o mais importante é o que fazemos.

Por isso, as pessoas com traço de caráter psicopata parecem ser mais frias. Elas buscam caminhos que não passem pela região das sensações, mas pela região da razão. As coisas irão se resumir para em “O que eu faço para ter valor para essa pessoa? E o que ela fez para ter valor para mim?” A criança nesse momento está moldando o seu sistema nervoso e seu corpo para reagir e sobreviver neste novo ambiente.

instagram

A relação com o mundo

Esse é o período que os pais têm maiores expectativas sobre a criança, de que ela interaja, fale papai e mamãe, cante parabéns, dê cambalhota, etc. Isso porque na fase oral, a criança dependia 100% deles e não sabia se comunicar, chorava ou dormia o tempo todo.

Então os pais pensam “quanto mais você interage comigo, mais eu te dou mais afeto, carinho, atenção”. Mas se a criança começa a entender que é somente nesses momentos que ela recebe afeto, carinho e atenção, ela pode ter a sensação de que está sendo manipulada.

Essa manifestação do traço de caráter psicopata, posteriormente, dependerá também de algum trauma que a criança possa viver na infância, porque várias coisas incontroláveis acontecerão na vida dela, de qualquer natureza, como uma morte, uma rejeição, ou algo assim, que acontecendo nessa fase evidencia a sua dor.

É importante lembrar que um trauma para uma criança não precisa ser uma violência, mas qualquer acontecimento que ela interpreta de forma negativa. Os problemas vão acontecendo na família, os pais ficam sem tempo, e não basta ela apenas ser fofinha; agora precisa ajudar em alguma coisa, cuidando dos brinquedos, tomando banho, facilitando para a mamãe e o papai.

O problema é que essa impressão de que “preciso fazer algo” leva a criança a se sentir manipulada. E aí surge um dilema: “como eu vou fazer algo o tempo inteiro, eu mal acabei de aprender a andar, ainda não estou preparada”. E aí a criança muitas vezes começa usar artimanhas somadas à sua nova capacidade de conseguir que o outro faça por ela.

Construindo o recurso

A criança vai buscar formas de atender suas necessidades e evitar ser manipulada, mas para isso ela pode assumir o papel contrário, e se tornar manipuladora.

Digamos que ela criança quer algo do pai, mas sabe que se for direto nele, vai ouvir um não. Ela procura a mãe, e pede para a mãe intermediar o pedido. Assim, a criança formou um caminho de articulação – posicionando pessoas para alcançar seu objetivo. Esse acaba sendo o grande recurso do psicopata, que pode ser usado tanto para manipular quanto para se tornar um líder.

O psicopata  é muito lógico, extremamente racional, mas ele não foge para dentro da cabeça e ignora o mundo, como no traço de caráter esquizoide, tampouco busca o caminho das emoções como no traço de caráter oral.

Se você fizer algo para um psicopata, ele analisa o que vai ficar te devendo ou como ele pode garantir que, quando precisar, você faça aquilo novamente. O psicopata está sempre testando as pessoas à sua volta, porque ele sente que agiram com ele: esse é seu mundo.

Formato do corpo do traço psicopata

O psicopata tem um controle muito maior da cintura para cima do que da cintura para baixo. Por isso, de modo geral, fisicamente, o corpo do psicopata será maior em cima e menor em baixo, como um “triângulo invertido”. Esse modelo se repete em várias partes do corpo, como veremos em seguida.

traço de caráter psicopata

A postura do psicopata é “adiantada para frente” por que ele observa o mundo dessa maneira, no sentido de “avançar para interagir”. Um exemplo claro dessa projeção é Donald Trump. Em qualquer foto, ele está sempre com a mão para frente em sinal de cumprimento ou com a postura mais adiantada, “avançando sobre as pessoas”. Essa é sua forma de interagir no mundo.

O traço de caráter psicopata tem essa energia. Ele cria uma “atmosfera” ao seu redor, onde ele fica mais confortável e ganha controle.

Voltando ao formato do corpo, uma imagem que ilustra bem suas características é a foto do Cristiano Ronaldo. Observe o quanto ele é extremamente triangular. Olha a largura dos seus ombros e a largura do seu quadril. Você consegue ver nitidamente um triângulo sendo formado no tronco dele.

Algo interessante é que, para se projetar ainda maior, o Cristiano faz uma posição de arqueamento com os braços e abre as pernas, ocupando mais espaço.

O psicopata terá essa postura de tentar parecer maior e tentar buscar base, combinando a parte de baixo com a parte de cima e parecer maior na parte superior do seu corpo. Mesmo sendo malhada, a perna do Cristiano parece fina. E dá para perceber novamente o aspecto triangular, observando a proporção da coxa, para a batata, e para a canela dele.

Cuidado!

Estamos analisando pessoas com predominância maior de determinado traço de caráter, mas ninguém é 100% um ou outro.

Numa análise corporal o traço de caráter mais difícil de ser identificado é o psicopata, porque ele é um” camaleão”. Se precisar fazer um papel de vítima para conseguir o que quer, seu corpo terá um aspecto mais voltado para o oral, o gordinho, por exemplo. O psicopata tende a se esconder atrás de outros traços que ele quer ressaltar: um camaleão no corpo e no comportamento.

A sensação que o psicopata passa é a de que ele vai te dominar, e a expressão é de que ele está te medindo, te avaliando.

Formato da cabeça psicopata

Analisando agora cada parte do corpo separadamente, vamos começar pelo formato da cabeça. Por seguir o triângulo invertido, a cabeça é maior em cima e menor em baixo, e isso é visto com mais evidência na região do queixo, quase sempre pontudo.

Podemos pensar que praticamente todo mundo tem um queixo pontudo, mas não. Uma coisa é o queixo ser menor que sua testa, outra coisa é o ângulo para se chegar da testa ao queixo. Algumas pessoas têm o rosto muito mais quadrado ou redondo.

Olhos do traço psicopata

Observando a psicopatia nos olhos, analisa-se muito mais sensação e expressão do que o formato. É como se ele estivesse avaliando e querendo mandar em você. O psicopata traz essa sensação porque ele foi manipulado, e para não ser manipulado ele precisa avaliar o ambiente que o cerca, visando manipular de volta ou se proteger. O olhar está sempre escaneando você ou o ambiente.

Psicopatia na boca

Na boca do traço de personalidade psicopata também é necessário buscar mais expressões do que o formato em si. O sorriso de canto é característico. Esse sorriso traz a sensação de duas caras em uma só, uma mais aberta, alegre, e a outra fechada. Isso acontece porque o psicopata guarda mais de uma versão dentro de si.

Tronco no traço de caráter psicopata

Quando analisamos o tronco, o ombro é muito mais largo do que o começo do quadril, e repete o aspecto triangular. O quadril do psicopata tem uma identificação desafiadora. Ele normalmente não tem bumbum volumoso; mas como a parte superior do corpo é maior que a parte de baixo, é possível identificar que a parte de cima do quadril é levemente maior.

Quadril do traço psicopata

O quadril do psicopata transmite a sensação de estar desencaixado, como se a parte superior pertencesse a um corpo e a parte inferior a outro.

Pernas do psicopata

A coxa é maior do que a panturrilha, que é maior do que a canela, seguindo o triângulo invertido. O sistema nervoso dele não foi programado para criar muitas ramificações, para mandar energia para as pernas, então, elas são relativamente fracas.

Traço psicopata na dor

A dor do psicopata é a dor de se sentir manipulado, por mais que ele não reclame e não demonstre isso. Quando ele não está se sentindo manipulado, está em seu recurso, em sua capacidade de articular de forma saudável para si e todas as pessoas do ambiente em que ele está inserido.

O que não esperar

Na interação com um psicopata, não espere sentimentos. Não espere que ele abra o coração dele para você. Se você perguntar como ele está se sentindo, é muito provável que ele se pergunte o que você vai fazer com essa informação. Na maioria das vezes, ele fala o mínimo necessário, só para você ficar satisfeito.

Ele não gosta de falar de seus defeitos, problemas ou sentimentos, somente daquilo em que é bom. Para o psicopata, “sentir demais” é um defeito. Ele pensa que não pode sentir, só fazer. Quando ele está vivendo no recurso, busca sempre formas de ficar em evidência, para receber atenção, trocar, negociar mais facilmente, manipular o ambiente, e gerenciar as expectativas colocadas nele.

Não espere de um psicopata que ele busque sensibilidade, entenda a sua forma de sentir o mundo ou crie formas de te acolher, porque essa não é a habilidade dele. Se você exigir isso de um psicopata, fará com que ele funcione pior, atrapalhando a sua relação com o mundo. Isso não deve ser visto como um jeito ruim de ser, porque ele não é mau, só não vai seguir o caminho das emoções.

O que esperar de um psicopata

Se existe uma situação ruim acontecendo, ele busca um plano, pessoas, recursos e coisas para resolver situação. Ele trabalha pelo resultado prático, e apesar de não se importar com seus sentimentos, pode se importar com você.

Para ele, a solução é montar um plano melhor e fazer com que você saia dessa, mas isso não inclui ouvir suas emoções a respeito do problema. Apesar de sempre encontrar saídas diferentes para resolver cada situação, lembre-se que suas pernas são fracas. Ou seja, ele precisa que outras pessoas façam.

O traço de caráter psicopata no recurso

A sua capacidade é de conversar, manipular, convencer as pessoas a seguir um plano. É por isso que o psicopata é um ótimo líder. Quando está no recurso atendendo às necessidades do traço de caráter, ele pode usar isso para buscar grandes objetivos que ajudam todos ao redor.

Um psicopata no recurso consegue entender o que é importante para qualquer pessoa, visando a lógica.

A sua capacidade de articular pode começar uma guerra, mas também pode ser utilizada para acabar com ela: tudo depende de um fator: se ele está vivendo na dor, ou no recurso.

Mas claro, também existe o psicopata que pode manipular de forma negativa, usar e enganar as pessoas. Então se você quer ter um psicopata no recurso ao seu lado, fazendo “junto” ao invés de fazer sozinho, você pode estimular essa pessoa dizendo o quanto ela lidera bem e elogiando os seus feitos.

Ele é estimulado quando você evidencia o que ele faz, quando você o elogia, o valoriza. O psicopata espera reconhecimento; mas não pelo que ele “é”, e sim pelo que ele “fez”.

e-book traços de caráter

Psicopatia com outros traços

Existem três variações do traço que não vão trazer grandes diferenças no formato do corpo, mas vão trazer formas de se comportar muito diferentes. Essas três variações do psicopata são:

  • medo, sendo autoritário e ameaçando ao ter sua autoridade ameaçada;
  • sedução, onde ele convence as pessoas colocando elas “lá em cima”;
  • se colocando como vítima para ganhar empatia e manipular a reação das pessoas em relação a ele.

Essas três variações são acentuadas pela presença dos outros traços de caráter. Se o psicopata tem um traço oral forte, por exemplo, tende a se fazer de vítima, mas não será muito bom em impor medo.

É importante saber disso porque você pode ficar esperando que um psicopata queira se colocar no centro, mas talvez ele se comporte como sedutor ou vítima. Um exemplo é a criança que chantageia a mãe dizendo que, se não tiver algo, vai ficar triste.

É interessante ainda considerar que a pessoa pode transitar entre os traços. Ela começa por um, e ao ver que não tem resultado, tenta por outro, fazendo de tudo para alcançar seus objetivos. Esse é o comportamento camaleão do traço psicopata!

O que você achou sobre o traço de caráter psicopata? Deixe sua opinião nos comentários, encaminhe para alguém, e me siga no instagram para conteúdos novos todos os dias.

Para entender seus traços você também pode baixar meu e-book completo sobre os traços +2 bônus: mentoria individual dos traços e aula gravada “Como cuidar dos traços de caráter”. Te esperamos do lado de cá!

mulher realizada

Mais de 50 aulas em vídeo para você entender seus traços e sair da dor.

ebook traços de caráter

ENTENDA SEUS TRAÇOS DE CARÁTER  E APRENDA A SAIR DA DOR

E-BOOK + 2 bônus