Feliz dia de terminar o namoro

Feliz dia de terminar o namoro

O Dia dos Namorados é dia de dizer que ama, dar presentes e postar fotos felizes e bem acompanhados nas redes sociais. O problema é que esse dia só tem 24 horas e os dias bons costumam passar mais rápido do que o normal. Como vai ser depois? Vida normal? Vida que segue? Feliz dia de terminar o namoro!

Muita gente está em um relacionamento infeliz, ou em um relacionamento sem sentido, ou seja, sem futuro. Já que estamos todos comemorando e sendo provocados a encontrar algo de bom nos nossos relacionamentos.

Que tal aproveitar o dia para terminar o namoro? É isso mesmo, T- E- R- M- I- N- A- R.

Pode parecer surpreendente, mas todo namoro foi feito com um prazo, e muitas vezes, terminar o namoro é a conclusão natural. Continue lendo para entender o motivo disso.

Como em muitas fases de nossa vida, essa tem um propósito específico e prazo de validade.

Sabe aquela ideia de “eternos namorados“? Como muitas outras frases bonitas, essa ferra a vida de muita gente. Vamos olhar para o propósito do namoro e entender qual seria um prazo ideal ou aceitável de duração de um namoro. Quando terminarmos o texto você entenderá se compensa ou não acreditar em contos de fada e frases bonitas como “eternos namorados”.

Quando Terminar o Namoro é a Decisão Correta

Antes de mais nada, a fase de descoberta é a preparação para uma relação mais séria. Nessa fase, as pessoas começam a pensar sobre o que querem das outras. Aqui começam os problemas dos relacionamentos, se não houver um objetivo no namoro.

A pessoa entra em um relacionamento sem saber claramente o que quer para si e sem fazer ideia do que está ou não disposta a entregar para a outra pessoa. Se o namoro não tiver esse objetivo ele não será nada além de uma relação muito próxima com afeto, sentimento e sexo. Essa é a fase da empolgação, da pegação e da conquista.

Mas se os dois não tiverem um plano de vida claro, o relacionamento vai sair da zona de utilidade e vai entrar na zona das obrigações na vida de um ou dos dois. Aí todo o afeto, sentimento e sexo vão virar cobranças, exigências, chantagem e frustração.

Cada traço de caráter vai sofrer nessa zona de obrigações de um jeito diferente e ruim.

Como os traços na dor funcionam num relacionamento?

Lembrando que a DOR é a parte ruim dos traços de caráter e todos eles têm uma parte boa que são os RECURSOS. Em um relacionamento ruim, é mais difícil liberar e ativar esses recursos.

Se você estiver em um relacionamento ruim e estiver na dor, não ativando seus recursos, os traços funcionarão da seguinte forma em um relacionamento:

Leia também:  Traço de caráter esquizoide: o que é, características e como manter no recurso?

E-Book dos traços de caráter

Esquizoide na dor nos relacionamentos

O traço esquizoide vai se desligar da vida, vai parecer que não tem energia e nem vontade para fazer nada. Ele fica como um peso morto na relação, falando de um jeito confuso que não vê sentido naquilo, esperando que a outra parte crie um pouco de coragem e vá embora de uma vez por todas.

Oral na dor nos relacionamentos

O traço oral vai se abraçar com a reclamação, a carência e o choro dentro daquela relação vazia e, de vez em quando, também vai se apegar a migalhas de carinho para se iludir que aquele relacionamento tem esperança, principalmente na véspera de qualquer possibilidade de término.

Psicopata na dor nos relacionamentos

O traço psicopata vai tentar encontrar alguma utilidade para a sua própria vida dentro daquele relacionamento ruim e caro emocionalmente. Ele vai se sentir preso, mas, vai tentar fazer com que aquela relação literalmente valha a pena, porque ele está pagando por estar preso ali.

É o retrato da vida de muitas pessoas que vivem relacionamentos que começaram sem objetivos, ou com objetivos extremamente doentios, e hoje insistem na relação por causa da dependência emocional que se criou.

E por falar em dependência emocional…

Masoquista na dor nos relacionamentos

O traço masoquista vai se perder completamente nesse fruto de um “namoro sem objetivos”. Ele vai ficar procurando e criando problemas na relação para que ele tenha que carregar o peso da outra pessoa “por amor” que, no fundo não passa de uma obrigação.

E o mais interessante aqui é que o masoquista nesse tipo de relação só vai criar problemas quando a outra parte não tiver nenhum para oferecer. Assim, se a outra parte não tiver problemas, o masoquista cria um. Ele erra, falha, esquece… ele faz alguma coisa errada até que a outra parte traga um problema novo para ele se ocupar ali na relação.

“O bom” (é ironia viu?!) de ter alguém assim na relação, para você que gosta de uma vida problemática, é que quanto mais problemas, mais juntinhos vocês ficarão.

É o caso doentio do amor pelo cuidado que infelizmente é a única forma de amor que muitos conhecem.

Quer resultados imediatos?
Análise Corporal pode transformar sua vida!
Resolva de uma vez por todas:

Rígido na dor nos relacionamentos

E tem ainda o traço traço ígido nessa relação problemática que se inicia em um “namoro sem objetivos”. Quando o rígido se vê no meio de um relacionamento assim, geralmente já perdeu um bom tempo da vida e vai ficar nesse relacionamento só por ficar até as coisas melhorem na carreira para que ele siga outro caminho. Afinal, o rígido só muda de plano quando tem outro melhor. Ele não larga o ruim para ficar sem nada, mesmo que tenha muito ciúme do par ou esteja morrendo de medo de ser traído.

Olhando como cada traço de caráter insiste em relacionamento “meia boca” é fácil identificar cinco formas doentias e medíocres de “levar com a barriga” relacionamentos que, por não terem objetivos ou por não terem atingido os objetivos, já deveriam ter acabado.

Leia também:  Traço de caráter masoquista: o que é e quais as características?

Por que terminar o namoro?

Primeiramente, um namoro inteligente entre pessoas que querem ser felizes na vida, deve começar com o objetivo claro de se conhecerem e descobrirem:

  • Essa pessoa faz sentido para o meu plano de vida?
  • O meu plano de vida faz sentido para essa pessoa?
  • O plano de vida dessa pessoa faz sentido para mim?
  • Eu faço sentido para o plano de vida dessa pessoa?
  • Qual esforço e sacrifício precisarei fazer para atender os interesses e objetivos dessa pessoa e do plano de vida dela (que logo depois vai virar o nosso plano de vida).
  • Será que eu quero fazer isso? Compensa para mim? Eu sinto tesão, motivação e desejo de vida quando olho para esse plano e para esse esforço?
  • Essa pessoa quer fazer o esforço necessário para que os nossos planos de vida individuais se torne o nosso plano de vida?

Talvez você esteja lendo esse post e se perguntando: que plano de vida?

Aí mora o grande vilão que está acabando com a vida de muitas pessoas, fazendo com que vivam em uma sociedade com relacionamentos, casamentos e famílias doentias, fracassadas e frustradas.

Resumindo: quem vive sem um plano de vida não constrói uma vida.

As coisas (e os relacionamentos) começam a se resumir em obrigação, distração e frustração. E, os relacionamentos deveriam ser prazer, disposição e realização.

Assim, todo namoro deve terminar quando alcança seu objetivo ou quando não mais atende às necessidades de ambos.

Quer resultados imediatos?
Análise Corporal pode transformar sua vida!
Resolva de uma vez por todas:

Quando você vai terminar o namoro?

Em que dia você vai passar para a próxima fase? Até quando vai procrastinar? Quando você vai conhecer o suficiente a pessoa e o plano de vida da pessoal com a qual você está? Depois que você fizer isso, o namoro acabou!

Talvez seja para se casar e viver aquele plano, que pode ou não dar certo, mas quando se sabe qual é o plano de vida e o esforço necessário, as chances de dar certo aumentam absurdamente.

Ou, talvez seja para abortar uma tentativa que não tem como dar certo porque as pessoas entendem que os planos de vida são diferentes ou que não faz sentido para uma ou para as duas partes .

Está namorando? Está na hora de acabar o namoro?

Então, cumpra o objetivo dessa fase. Antes de mais nada, planeje, avalie e teste tudo que precisa ser planejado, avaliado e testado. E melhor, tenha isso definido dentro de um prazo pré-estabelecido.

Se você começar um relacionamento deixando a vida decidir por você, esperando que dê tempo e que sobre dinheiro, você certamente terá no máximo uma vida mediana em todos os aspectos da sua vida.

Agora, se você tiver um plano, tudo e todos a sua volta terão que se encaixar e ser úteis para ele. Provavelmente você terá no futuro a vida que está planejando e tentando ter.

Leia também:  Transição de carreira e 5 traços de caráter: o que te trava, como fazer?

Se o namoro é para planejar e conhecer, ou seja, avaliar o outro, quanto tempo você vai se dar para isso? Então, que dia o namoro vai terminar?

Se você já sabe que não tem plano, que o plano é ruim ou que a outra parte não atende, talvez seja um ótimo dia para terminar o namoro (com essa pessoa), replanejar a sua vida e repetir o ciclo de “namoro COM objetivos” com outra pessoa, planejando, avaliando e testando tudo para que o namoro acabe e você avance para a próxima fase com essa pessoa ou recomece esse ciclo com outra.

Instagram de Luiza Meneghim

Já se casou? Hora de terminar o namoro para começar de verdade.

Como foi o namoro? Planejou o que tinha que planejar? Avaliou o que tinha que avaliar? Testou o que tinha que testar? Ou estão juntos porque as coisas se desenrolaram assim?

Se o seu casamento, relacionamento ou rolo for fruto de um acaso que deu caso, certamente, você precisa namorar por poucos dias. Tem coragem de namorar a pessoa com quem você vive hoje? Mas namoro de gente séria que quer ser responsável pela própria vida e muito feliz. Não esse namoro de comprar presente, levar para jantar e ir para o motel.

Estamos falando, em suma, de ter coragem de repetir o ciclo de namoro com quem você está hoje.

PLANEJAR – AVALIAR – TESTAR >>> E DECIDIR!

Essa parte da decisão é para os adultos. Os meninos, no entanto, deixam rolar, contam com a sorte e até com a fé para que tudo dê certo. Quer fazer dar certo? Então está na hora de terminar o namoro!

Quer resultados imediatos?
Análise Corporal pode transformar sua vida!
Resolva de uma vez por todas:

Namore por uns dias para terminar o namoro

Embarque de verdade no relacionamento que você está hoje, sabendo qual é o novo plano, qual foi o resultado da avaliação e do teste, e principalmente, qual é o esforço que você e a outra parte precisarão fazer. Esse namoro com objetivo pode salvar o seu casamento ou te salvar dele.

E para quem está solteiro? Espero que você tenha compreendido a verdadeira finalidade de um namoro e lembre-se sempre: terminar o namoro é uma parte inevitável do processo quando ele cumpre seu propósito.

Neste Dia dos Namorados, reflita se é hora de terminar o namoro, evitando assim os erros comuns que muitos cometem ao prolongar relacionamentos que já deveriam ter sido concluídos.

Enfim, pode ter certeza que tem muita gente que está vivendo sem sentido, que vai ganhar presente sem relevância e está precisando ler esse post.

GOSTOU? Quem são as pessoas para quem você vai enviar esse post diferente de “dia dos namorados”? Envie esse post para as pessoas que você gosta, e deixe suas impressões aqui nos comentários.

Aproveite e venha acompanhar os conteúdos diários no instagram.

Inspiração do texto: Facebook O Corpo Explica.

E-Book Traços de Caráter

Compartilhe:

Picture of Luiza Meneghim

Luiza Meneghim

Especialista em desenvolvimento humano. Mentora de carreira e relacionamentos. Analista corporal. Membro fundador 027 do GPS.
Picture of Luiza Meneghim

Luiza Meneghim

Especialista em desenvolvimento humano. Mentora de carreira e relacionamentos. Analista corporal. Membro fundador 027 do GPS.

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ebook-traços-de-caráter.png

ENTENDA SEUS TRAÇOS DE CARÁTER  E APRENDA A SAIR DA DOR

E-BOOK + 2 bônus